Cruz Machado é finalista do Prêmio Gestor Público Paraná

Com muita alegria e satisfação, o prefeito de Cruz Machado, Euclides Pasa (Bibi), recebeu nesta segunda-feira, 14 de outubro, a notícia de que o município foi premiado novamente no Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR). O projeto “Pilates no Combate a Dor Lombar Crônica no Sus”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, foi escolhido como um dos melhores desta VII edição do prêmio.

O grau de premiação ainda não se sabe, sendo que poderá ser certificado de reconhecimento, menção honrosa, Troféu Gestor Público Paraná e Troféu PGP-PR. O certo é que um destes será recebido na sessão solene de encerramento do prêmio, que acontecerá no dia 12 de novembro, na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná.

 

Prêmio Gestor Público Paraná

Com o objetivo de valorizar projetos de administração pública que sejam inovadores, criativos e que tragam desenvolvimento para a sociedade, o Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) está ajudando a melhorar a vida dos paranaenses.

Por meio da valorização da capacidade administrativa dos gestores que elaboraram os projetos e implantaram ações em favor do desenvolvimento local, o PGP-PR também pretende incentivar os municípios do estado a adotar metodologias de planejamento, execução e controle de projetos em seus programas governamentais. Além do reconhecimento dos serviços públicos de qualidade, o PGP-PR proporciona a possibilidade de outras cidades se inspirarem nas boas práticas e as experiências exitosas, gerando processo virtuoso.

O Prêmio é uma iniciativa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (SINDAFEP), detentor da marca Prêmio Gestor Público Paraná.

 

Pilates no Combate a Dor Lombar Crônica no Sus

O projeto foi criado pela necessidade de diminuir a fila de espera da Clínica Municipal de Fisioterapia, a qual atendia uma grande demanda de pessoas portadoras de doenças crônicas da coluna lombar, causadas principalmente pelo trabalho pesado e repetitivo no dia-a-dia do meio rural. O método de tratamento se desenvolveu através do Pilates, o qual busca o controle dos músculos do corpo, fortalecendo a musculatura e dando maior flexibilidade ao paciente.

Inicou-se há aproximadamente um ano, é desenvolvido pela fisioterapeuta Luanda Cristina Wierzbicki, idealizadora do projeto, e pela educadora física Djully Miotto. Primeiramente é realizado uma avaliação inicial pela fisioterapeuta onde é ensinado aos participantes a respiração correta e como executar os exercícios. Após essa avaliação as pessoas realizam o método Pilates duas vezes semanais em um período de dois meses. Depois deste tempo é realizado uma nova avaliação com a mensuração da escala de dor, através da qual são obtidos os resultados.

Mais de 300 pessoas já participaram deste projeto, sendo que os resultados obtidos são muitos satisfatórios, onde mais de 80% dos participantes apresentaram melhoras significativas, comprovadas justamente pela avaliação final. O “Pilates no Combate a Dor Lombar Crônica” vem diminuindo o tempo de espera pelo tratamento e melhorando a qualidade de vida dos cruzmachadenses.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *