Cruz Machado contabiliza queda de mais de 2 Milhões de Reais na Arrecadação em 2020.

 

Cruz Machado contabiliza queda de R$ 2.218.393,21 Mil Reais na Arrecadação em 2020.

Levantando os dados das duas fontes de recursos: ICMS e o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) comparando o mês de março e abril/2020 somam juntos uma queda de (-19,10%) no comparativo com o mesmo período do ano anterior. Isso representa uma perca de R$ 575.401,10 (quinhentos e setenta e cinco mil, quatrocentos e um reais e dez centavos) em apenas dois meses.

Segundo o contador Jefferson Mazur, este é o reflexo dos prejuízos ocasionados pela pandemia do Coronavírus (COVID-19) geradas pela paralização do Estado e do Brasil.

Mazur diz que: o município já contabiliza uma queda de mais de R$ 2 milhões em apenas 04 (quatro) meses e aguarda a sanção do Governo Federal relativo ao auxílio financeiro aos entes federados no valor de R$ 2.169.601,01 (dois milhões, cento e sessenta e nove mil, seiscentos e um reais e um centavo)  que não supre totalmente as quedas registradas, mas que colabora para que o município de Cruz Machado honre seus compromissos financeiros. Após sanção presidencial, este valor será repassado ao município em quatro parcelas.

Outro fato que vem prejudicando o município é a estiagem, que causa forte queda na arrecadação do Município de Cruz Machado. A pouca quantidade de chuvas registrada nos últimos meses, causa uma perca significativa no repasse da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH), conhecido como ROYALTIES, relativo à Usina Hidrelétrica Bento Munhoz da Rocha (Foz do Areia). Só no primeiro quadrimestre (de janeiro até abril) a queda foi de (-57,76%) no comparativo com o mesmo período do ano anterior. Isso mostra que o município recebeu R$ 1.642.992,11 (Um milhão seiscentos e quarenta e dois mil, novecentos e noventa e dois reais e onze centavos) a menos que no mesmo período do ano passado. Os valores recebidos dos ROYALTIES podem ser analisados no link: http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/cmpf/gerencial/

O prefeito Euclides Pasa frisa que o município inteiro está sofrendo com a falta de água. “Esta é sem dúvida a maior crise hídrica que o município está passando nos últimos 90 anos, diz Bibi”, e afirma, quem mais está sofrendo é o povo do interior do município, e que o setor de obras está priorizando a abertura de novos poços. Euclides pede a população que se conscientize e não desperdice a água que é a nossa maior riqueza, e quem tem a água em sua propriedade que compartilhe e ajude os vizinhos que estão sem água.

Sobre a arrecadação o Prefeito Euclides Pasa diz que 60% dos municípios do Brasil estão prestes a entrar em um colapso, que está é a pior Crise que o Município de Cruz Machado está passando.

Segundo dados financeiros o município vem enfrentando uma crise financeira desde 2016 na gestão passada, e que não descarta a possibilidade de Decretar Calamidade nas Contas Públicas este ano, tendo em vista que o município não tem autonomia financeira suficiente para equilibrar os orçamentos, dependendo cada vez mais de transferências de outros entes, via FPM (Fundo de participação dos Municípios).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *