Nota de Esclarecimento sobre registro de óbito em veículo municipal

Na noite de ontem, 9 de março, infelizmente ocorreu uma fatalidade no retorno do veículo utilizado para transportes de pacientes em tratamento na região metropolitana de Curitiba. Nas proximidades da cidade de São Matheus durante uma parada foi constatado que um dos passageiros teria entrado em óbito. O acompanhante de Evaldo Kischner notou que o mesmo demorou a descer e ao verificar o que teria acontecido constatou que o mesmo já estava em óbito. Evaldo lutava contra um câncer e semanalmente fazia tratamento de quimioterapia em Curitiba.

Foi divulgado em redes sociais e meios de comunicação que o paciente citado teria recebido alta de um hospital e que lhe foi negado transporte especial. Esta informação não procede e segundo o Secretário dos Transportes, senhor Carlos Diego Train, responsável pelo transporte na Saúde, todos os pacientes em tratamento de quimioterapia e radioterapia sempre tem atendimento preferencial, e que no caso do paciente Evaldo Kischner, o mesmo pediu para ir a Curitiba no micro-ônibus por sentir-se mais à vontade com os demais passageiros.

A prefeitura municipal lamenta o ocorrido, coloca-se à disposição para quaisquer esclarecimentos e presta as mais sinceras condolências à família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *