Faça bonito: 18 de Maio – Dia Nacional de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

18demaio-300x300 

18 de Maio – Faça Bonito

No dia de hoje, 18 de Maio é celebrado o dia Nacional de combate ao abuso e exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. A campanha do “18 DE MAIO” tem como meta mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

Caso Araceli

 A data foi escolhida por que em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

O que é violência sexual?

É uma violação dos direitos sexuais, por que abusa/e ou explora do corpo e da sexualidade, seja pela força ou outra forma de coerção, ao envolver  crianças e adolescentes em atividades sexuais  impróprias à sua idade cronológica, ou ao seu desenvolvimento físico, psicológico e social.

A violência sexual pode ocorrer de duas formas – abuso sexual e exploração sexual.

A violência sexual, abuso ou exploração, pode ocorrer no ambiente intrafamiliar, quando  há relação de parentesco entre vítima e agressor e extrafamiliar, quando não há uma relação de convivência familiar entre agressor e vítima.

Abuso Sexual

É a utilização  do corpo  de uma criança ou adolescente, por um adulto ou adolescente, para a prática de qualquer ato  de natureza sexual.

Exploração sexual

A exploração sexual caracteriza-se pela utilização sexual de crianças e adolescentes  com a intenção do lucro ou troca, seja financeiro ou de qualquer outra espécie.  A exploração sexual ocorre de quatro formas:  em redes de prostituição, pornografia, redes de tráfico e turismo sexual.

Faça Bonito. Proteja nossas crianças e adolescentes

É possível agir bonito e proteger nossas crianças e adolescentes. Se você tiver suspeita ou conhecimento de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo violência, denuncie! Procure o conselho tutelar ou disque 100.  A sua atitude pode ajudar a mudar os índices de violência contra crianças e adolescentes em nosso país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *