Colégio Estadual do Campo Helena Kolody de Cruz Machado, adere ao Programa Paraná Mais Verde do Governo do Estado

Colégio Estadual do Campo Helena Kolody de Cruz Machado, adere ao Programa Paraná Mais Verde e promove o plantio de árvores e verduras na escola.

 

Hoje, segunda-feira (23) é um dia muito especial para os estudantes do Colégio Estadual do Campo Helena Kolody de Cruz Machado, Paraná.

Em comemoração ao Dia da Árvore, celebrado no dia 21 de setembro, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte promoveram o plantio de árvores nas instituições de ensino paranaenses, a fim de conscientizar as novas gerações sobre a importância da preservação ambiental.

A ação se trata do marco inicial do Programa Paraná Mais Verde, encabeçado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em parceria com as demais pastas do Estado.

A iniciativa tem como objetivo a implantação de viveiros municipais e hortas comunitárias, o plantio de árvores nativas e a rearborização urbana.

Segundo a diretora do Colégio Estadual do Campo Helena Kolody (Adriana Niendicker), “Os alunos estão aprendendo a cuidar da escola e do meio ambiente que também é nosso, e se cada fazer a sua parte, nós teremos não só uma escola bonita, mas um lagar mais aconchegante, bonito, com menos desmatamentos e um ar mais puro”.

“Professores e alunos da escola do campo estão construindo aos poucos uma escola capaz de mudar suas vidas, pois o campo é um território educativo, de produção, de solidariedade e de identidade cultural, é uma modalidade de ensino que contribui para o desenvolvimento da sociedade e que necessita de estudos constantes, enfatiza a Professora Adriana”.

Para Johnny Otto – Assessor Geral da Administração – “Esta proposta de educação, denominada de “Educação do Campo”, é parte complementar de um projeto social mais amplo que objetiva também o direito à terra, à moradia, à justiça social, à saúde e a sobrevivência da população do campo, nos conduz a perceber a necessidade e a urgência de uma educação escolar que respeite, valorize e se aproprie dos saberes culturais dos alunos e da comunidade local como parte integrante do projeto pedagógico da escola, notadamente da prática educativa, da formação de alunos e professores”.

A educação no campo, quando bem trabalhada, proporciona uma formação para a cidadania, propícia ao educando uma educação vinculada a cultura, atendendo as suas necessidades humanas e sociais, pois as escolas do campo ensinam fazendo a ligação da teoria e a prática, valorizando e melhorando o meio rural, e a vida destes alunos.

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *